Terça-Feira, 18 de junho de 2019 Nossa história      

Notícias

Saúde de Cabeceiras leva equipes de vacinadores as escolas e acamados visando ampliar cobertura vacinal contra gripe

Por SEMCS - Secretaria Municipal de Comunicação Social

Estratégia é imunizar crianças menores de 6 anos e professores da rede municipal de ensino; campanha prossegue até o dia 31 de maio nos postos de saúde.

Como mais uma estratégia para alcançar o público-alvo da campanha de vacinação contra a gripe, a Prefeitura de Cabeceiras está imunizando crianças de até seis anos e professores em escolas da rede municipal de ensino e os acamados da zona rural. A iniciativa visa atingir a meta estipulada pelo Ministério da Saúde que é vacinar 254.958 pessoas, até 31 de maio, quando encerra a campanha nacional. O trabalho é realizado pela Secretaria Municipal de Saúde e integra o conjunto de ações executadas pela gestão do prefeito Dr. José Joaquim para fortalecer a área da atenção básica em Cabeceiras.

A secretária municipal de Saúde, Ana Mota, destaca que a ação, incentivada pelo prefeito, é primordial para alcançar o público-alvo da campanha. "Vamos vacinar todo o grupo prioritário, especialmente as crianças e os acamados do município. Essa ação nas escolas é algo que oferece uma comodidade aos pais, pois estamos facilitando o acesso à imunização e levando a vacina onde está o público-alvo. A intenção é, não só atingir a meta, mas também proteger a população", ressalta Ana Mota.

O trabalho desenvolvido de forma integrada é executado em parceria com a Secretaria Municipal de Educação (Semec). "As campanhas de vacinação nas escolas, que envolvem estudantes e professores, são importantes. Estar com as vacinas em dia, é fundamental para a saúde e para a vida escolar de nossas crianças e jovens, pois impacta diretamente na frequência escolar e no aprendizado também", diz o secretário municipal de Educação, Braz Carvalho.

A Prefeitura de Cabeceiras, através da secretaria municipal de Saúde, realizou também o Dia ‘D’ Municipal de Vacinação Contra Gripe no sábado, (04/05) data em que acontece a campanha nacional. A ação, resultou na aplicação de milhares de doses.

PÚBLICO ALVO

As estratégias foram definidas com foco no público-alvo da campanha, formado por grupos de pessoas mais vulneráveis ao vírus. Fazem parte do público prioritário da campanha gestantes, puérperas, crianças de seis meses a menores de seis anos de idade (5 anos, 11 meses e 29 dias), trabalhadores de saúde, povos indígenas, idosos, professores de escolas públicas e privadas, pessoas com comorbidades e outras condições clínicas especiais, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas, além de funcionários do sistema prisional e pessoas privadas de liberdade.

Dia 'D' Campanha de Vacinação Contra Gripe